COISAS em destaque! Aguarde!!!

terça-feira, 12 de junho de 2018

Editora do Brasil - Dia dos Namorados



Passeio pelos continentes em cinco contos de amor
Lançamento da Editora do Brasil mostra a força do amor, por meio de histórias folclóricas tradicionais, contadas por povos dos cinco continentes do planeta



O Amor, contado gerações após gerações e suas diferentes tradições com o imaginário de diferentes povos, é o fio da meada para o escritor Rogério Andrade Barbosa nos levar a um passeio pelo folclore e mitos dos cincos continentes do planeta.
São contos cuidadosamente selecionados e recontados por Rogério no livro "Contos de amor dos cinco continentes", um lançamento da Editora do Brasil. Nele, os contos folclóricos de cada povo e sua região têm como tema central o amor, sempre presente nas histórias de fantasias e mitos, passados de pai para filho, em alguns povos dessas regiões.
As histórias, que se passam nos territórios atuais de Austrália, Burkina Faso, Tailândia, Suécia e Estados Unidos, mostram a força do amor dos casais enamorados, que buscam superar os obstáculos da natureza, do tempo, da morte, das diferenças sociais e do preconceito para ficarem juntos. Para cada história, foi escolhido um ilustrador do continente ou país do qual o conto é originado. No total, são seis ilustradores – o da capa e de alguns elementos ao longo do livro é brasileiro.
Da Austrália, o conto escolhido é uma narrativa do povo wiradjuri, uma das nações dos aborígenes, que ocupavam a ilha antes da chegada dos europeus e narravam várias histórias da existência de um monstro, Wahwee, um anfíbio assustador com corpo de serpente e cabeça de sapo. O conto fala do amor entre Nerida e Birwain, o casal que desafiou a força Wahwee, morreu abraçadoe se transformou nos lírios e juncos dos lagos da Austrália.
Na África, o conto de “Yennenga, a mulher-soldado”, traz a cultura do povo mossi, na região da África Central, hoje conhecida como Burkina Faso. Uma terra colonizada pelos franceses, que se tornou independente só em 1960. Yennenga é a filha de um rei que não tinha filho homem. Para satisfazer sua frustração, o rei trata Yennenga como se fosse um homem, corta seus cabelos, faz com que use roupas masculinas e a coloca para liderar seu exército. Ela se torna uma excelente guerreira, mas desafia seu pai para ter o direito de ter filhos. É expulsa de casa, mas encontra seu parceiro ideal, Riale, com quem se casa. O casal seriam os ancestrais de todo o povo mossi. Ela, uma princesa do reino de Mamprusi; ele, um caçador de elefantes do povo mandé. Os mossi fazem parte de uma sociedade patriarcal até hoje, nas quais as castas não se falam e apenas o homem tem direito a herdar os bens dos seus pais.
O conto da Ásia vem da Tailândia, país budista, apresentando elementos típicos dessa religião, como a crença na reencarnação e na ideia de que os pássaros poderiam renascer em seres humanos e recuperar o amor perdido na vida passada. Assim é o conto da princesa e do colhedor de arroz, que voltam a se encontrar em outra vida depois de terem sido separados quando eram pássaros em um incêndio em que morreram com os filhos.
No conto dedicado à América, mais uma vez o casal é separado pela morte e um dos seus integrantes tenta trazer o outro à vida. É o que acontece com a história de amor entre Flor de Salgueiro e Nuvem Branca, do povo tewa, indígenas da América do Norte.  Flor de Salgueiro morre e seu marido, Nuvem Branca, tenta trazê-la de volta, desafiando as regras das práticas mortuárias de seu povo. Um xamã decide ajudá-los, enviando o casal aos céus para que pudessem se encontrar e viver para sempre por lá. O povo da região, nas noites de muitas estrelas, olham para duas delas que estão próximas, uma é Flor de Salgueiro e outra é Nuvem Branca.
O conto dedicado ao continente europeu vem da Suécia e narra a história de amor entre Thale e Agerup, separados pela condenação do rapaz à prisão. Agerup tenta enganar o rei com uma esperteza para ficar com a amada. A história pertence aos tradicionais contos escandinavos, herdeiros da tradição nórdica ou germânica, de cuja mitologia vêm deuses como Odin, Thor, Loki e outros venerados vikings.
Autor: Contos de Amor dos Cinco Continentes
Formato: 20,5 cm × 23,5 cm
Número de Páginas: 56
Preço sugerido: R$54,80

Sobre a Editora do Brasil: Fundada em 1943, a Editora do Brasil atua há mais de 70 anos com a missão de mudar o Brasil por meio da educação. Como empresa 100% brasileira, foca a oferta de conteúdos didáticos, paradidáticos e literários direcionados ao público infantojuvenil. Foi fundadora da CBL, SNEL, FNLIJ, IPL e da Abrelivros. Os títulos estão disponíveis para comercialização por meio da loja virtual da Editora Brasil (http://www.editoradobrasil.com.br/lojavirtual/) ou nas lojas físicas
   

         

                       


Blog 


              

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quando você comenta, participa do Coisas da Lara também !!!!